Isabela Bueno

 
@isabelabuenop é de Cataguases, Minas Gerais, e há 3 anos se mudou para o Rio de Janeiro. Sua cidade de origem, que já foi um polo têxtil e uma vertente para a produção artística do modernismo brasileiro, trouxe referências para a trajetória de Isabela. O seu principal trabalho combina moda, arte e sustentabilidade. A artista desenvolve o upcycling e a ressignificação de roupas de brechó, tendo como objetivo transformar uma peça descartada e sem uso em uma tela de pintura. Além disso, ela também trabalha com ilustração e estamparia digital.

Allan Pinheiro


Com a proposta de transcrever o cotidiano carioca e suas peculiaridades, as obras de @allancom2l são repletas de símbolos e alegorias que expressam a identidade do subúrbio do Rio de Janeiro.

Allan é também coordenador de arte na @vozdascomunidades (Complexo do Alemão)

Clara Machado


Artista visual, atualmente cursa o mestrado em Processos Artísticos Contemporâneos pelo PPGARTES-UERJ,@___claramachado

é formada em Artes Visuais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e realizou um ano de estudos no curso de Artes Visuais da Universidade IUAV de Veneza, Itália. Realizou diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde foi selecionada para o Curso de Desenvolvimento em Gravura Contemporânea. É integrante do Projeto de Extensão Experiências Indiciais, coordenado pela Profa. Dra. Inês de Araújo na UERJ, e participou de mostras e exposições coletivas nacionais e internacionais. 

Bruno Debize 


Com um trabalho figurativo, @brunodebize recria o real com uma nova visão de mundo, abordando temáticas do cotidiano e corpos humanos. Bruno é formado em desenho industrial pela Univercidade, tendo cursado um semestre na UTL (Universidade Técnica de Lisboa). 

Maria Paixão

 
Maria @mimarie.art começou com o crochet criança, depois se encantou com bordado. Das conversas na casa de sua mãe em Minas Gerais, a famosa prosa, novas criações nasciam. Do hobby tomou gosto, e do gosto virou ofício. O trabalho foi se primorando e refletindo técnicas adquiridas na sua vivência por Minas, Rio, Dublin e Lisboa. O tema de seu trabalho é encontrar equilíbrio entre resistência e delicadeza, modernidade e tradição. A valorização e o respeito do tempo de cada coisa na era digital, onde tudo é quase instantâneo, o trabalho feito com as mãos.

Pedro Basile


@p.basile_ usa da escultura e fotografia para estudar o campo da possibilidade de dúvida e suspeita, análise da constituição de memória-lugar e do sentido de presentidade -processos que tangem a organicidade.

Tally Warsawski


Inicia o projeto @tallywars em janeiro de 2018, com a proposta de emergir em um território novo e não experienciado antes - a arte como portal de transição para uma (des) territorialização do corpo. Ao ter um maior contato com a filosofia de Espinosa e Deleuze, utiliza da arte como "instrumento" para mapear afetos e elevar a potência de atuar através dos mais diversos encontros.

Tally está se formando no curso de psicologia e pretende continuar explorando o universo artístico e sua multiplicidade.

Laura Escada


@lauraescada é estudante do curso de Artes Visuais na UERJ onde realiza extensão em performance, coordenado pela professora Eloísa Brandes. Sua atual proposta é tentar, de forma abstrata, materializar com cores e formas o excesso do nosso cotidiano. A intenção não é negar o caos diário, mas apresentá-lo de outra maneira. A partir dessa turbulência cheia de cores, tenta gerar um contraste de sensações entre o real e imaginário, que podem fluir o máximo possível.A ideia é criar um questionamento que não precisa ser respondido.

Rua Manuel Carneiro, 18 e 20

Rio de Janeiro, RJ 20241-120

  • Grey Instagram Icon
  • Facebook Clean